O artesão FLÁVIO NOGUEIRA é natural de Carmo do Cajuru, uma bela cidade de Minas Gerais.

Auto-didata, o jovem Flávio teve o seu primeiro contato com a arte quando uma decoradora, realizando um trabalho de exposição para a empresa em que trabalhava, lhe solicitou que arrumasse e cortasse pequenos pedaços de madeira e cipó.

As formas, cores e texturas do material chamaram a atenção de Flávio e despertou seu dom. Como num quebra-cabeça, Flávio começou a montar, de forma lúdica, formas e desenhos: era o início de sua ARTE.

Hoje mais maduro e ciente de que pode sempre ser melhor, Flávio encanta com seu jeito simples e introspectivo. Visitar a ateliê modesto de Flávio é uma viagem única, onde a paixão e carinho com que ele mostra cada pedaço de cipó, madeira e bambú (cuidadosamente separadas em tambores), se confunde com o orgulho que tem de suas criações finais.